Bilíngue Premium

No Bilíngue Premium, o segundo idioma não é somente uma disciplina, é uma vivência.

NOVIDADE: A proposta de Ensino Bilíngue do Colégio Vila Olímpia ganhou ainda mais força.

O conhecido After The Bell passou por algumas mudanças e adaptações, com o objetivo de potencializar ainda mais o conhecimento que é repassado aos estudantes.

Conheça o Bilíngue Premium!

O que é o Bilíngue Premium?

No Bilíngue Premium, língua, cultura e costumes são integrados às aulas e à rotina, gerando uma verdadeira imersão.

O aluno aprenderá ciências, música, arte e literatura, entre outros conteúdos especiais, em um ambiente especial de aprendizagem para a aquisição da segunda língua.

A partir de um currículo integrado e de metodologias inovadoras, não só permite a aquisição do idioma (dentro dos componentes curriculares) como também forma alunos com níveis de proficiência comprovados por exames internacionais.

Circle Time: é a hora da roda, na qual a professora senta com os alunos para conversar sobre a rotina do dia ou para retomar os principais pontos da aula anterior. Muitas vezes, esse momento também incorpora a contação de uma história relevante ao tema abordado na data em questão. É o momento em que as crianças olham umas nos olhos das outras e se sentem ouvidas e apreciadas pelo grupo.

Learning Centers: os alunos têm a oportunidade de aprender em pequenos grupos e passar por diferentes propostas a respeito de um tema gerador. Cada Learning Center oferece uma estratégia de ensino sobre o tema em cada componente curricular, norteando a interdisciplinaridade.

Projects: falar de projetos no contexto da Educação Infantil bilíngue tem como ponto de partida trabalhar com as hipóteses que a criança traz consigo e ressignificar suas conjecturas de forma coletiva, a partir da observação, exploração, pesquisa e indagação, sendo o professor mediador do processo.

Movement: as aulas de movement devem ser predominantemente lúdicas e recreativas, com jogos, atividades rítmicas, danças, jogos de oposição, folclore, ginásticas e faz de conta, os quais são sempre contextualizados, considerando a imaginação e a realidade das crianças.

Art: a arte é uma atividade humana que proporciona à criança conhecer a si mesma e o meio em que está inserida, estreitando as relações socioculturais e históricas, proporcionando diferentes leituras e observações do meio e seus diferentes conceitos, e criando possibilidades de transformação da realidade.

Music: é a materialização da expressão por meio de sons, promovendo a sua percepção, experimentação, reprodução, manipulação e criação. A música auxilia o aprimoramento da percepção estética, imaginação, consciência corporal e memória.

Art: a arte é uma atividade humana que proporciona à criança conhecer a si mesma e o meio em que está inserida, estreitando as relações socioculturais e históricas, proporcionando diferentes leituras e observações do meio e seus diferentes conceitos, e criando possibilidades de transformação da realidade.

Music: é a materialização da expressão por meio de sons, promovendo a sua percepção, experimentação, reprodução, manipulação e criação. A música auxilia o aprimoramento da percepção estética, imaginação, consciência corporal e memória.

Sports: a Educação Física é a área do conhecimento que trata da saúde do corpo, do movimento humano, da relação entre os indivíduos e das diversas formas de manifestações culturais.

Science: o ensino de ciências, baseado no programa Cambridge Assessment International Education, visa ao desenvolvimento de estudantes que apresentem um senso de curiosidade e criticidade, e que sejam motivados a adquirir novos conhecimentos. O conteúdo é abordado por meio de propostas de aprendizagem ativa, sendo o aluno protagonista desse processo, focando em investigação, experimentação, resolução de problemas e estímulo da curiosidade científica, a fim de construir conhecimentos e realizar descobertas dentro do ensino de ciências.

Projects: as atividades e dinâmicas desenvolvidas dentro da metodologia de projetos permitem que os estudantes sejam o centro da aprendizagem, viabilizando trocas entre eles, com seus pares e professores, no que diz respeito às suas experiências, conhecimentos prévios e curiosidades. Dessa forma, os alunos auxiliam a direcionar o que será aprendido ao longo de cada projeto, levantando questões, hipóteses e possibilidades, acompanhados de investigação e observação.

Global Perspectives: o ensino da disciplina de perspectivas globais busca desenvolver habilidades específicas de comunicação dos estudantes e, sobretudo, apresentar diferentes conteúdos sob uma ótica mais ampla, de nível mundial, de modo que os aprendizes tenham a oportunidade de conhecer e comparar experiências sociais e culturais distintas.

Global Perspectives: o ensino da disciplina de perspectivas globais busca desenvolver habilidades específicas de comunicação dos estudantes e, sobretudo, apresentar diferentes conteúdos sob uma ótica mais ampla, de nível mundial, de modo que os aprendizes tenham a oportunidade de conhecer e comparar experiências sociais e culturais distintas.

Science: o ensino de ciências, baseado no programa Cambridge Assessment International Education, visa ao desenvolvimento de estudantes que apresentem um senso de curiosidade e criticidade, e que sejam motivados a adquirir novos conhecimentos. O conteúdo é abordado por meio de propostas de aprendizagem ativa, sendo o aluno o protagonista desse processo, focando em investigação, experimentação, resolução de problemas e estímulo da curiosidade científica, a fim de construir conhecimentos e realizar descobertas dentro do ensino de ciências.

Cambridge Extended: aqui, o foco está no ensino da língua inglesa. Os alunos adquirem, gradualmente, as habilidades de produção oral e escrita, por meio de uma abordagem ativa, que proporciona ferramentas de preparação para exames internacionais de proficiência linguística.

Literature: é partindo da premissa de que cultura e língua caminham juntas que desenvolvemos o projeto de literatura, com o intuito de formar alunos tanto bilíngues quanto biculturais. Por meio da leitura de livros literários originários de países que possuem o inglês como língua nativa oficial ou não oficial, as aulas de literatura proporcionam aos alunos a oportunidade de explorar essas novas culturas, aprender sobre seu desenvolvimento durante os anos e, até mesmo, suas variações em diferentes épocas.

Social Emotional: educação socioemocional (em inglês, SEL – Social Emotional Learning) é o processo por meio do qual os alunos aprendem, dentro do currículo escolar, a refletir e efetivamente aplicar conhecimentos, atitudes e competências necessárias ao longo da vida escolar. Por intermédio das atividades propostas, busca-se educar os corações e inspirar mentes, materializando projetos que contribuam para as transformações dos alunos e, consequentemente, do mundo ao seu redor.

Entrepreneurship: o empreendedorismo como tema transversal e projeto escolar é um recurso essencial para o desenvolvimento de competências e habilidades para todos os ciclos escolares. Além de oportunizar situações propícias à prática interdisciplinar, as atividades empreendedoras levam o educando a desenvolver habilidades relacionadas aos principais objetivos da educação deste início de século XXI: aprender a aprender e a empreender, assim como a construção de valores e habilidades socioemocionais.

Maker: popularmente conhecida como a cultura do fazer ou cultura do faça você mesmo, tradução da expressão de língua inglesa Do-It-Yourself, a cultura maker está amplamente inserida no cotidiano, em especial no âmbito escolar. O termo maker diz respeito à concepção do construir/realizar com as próprias mãos algum objeto, artefato ou ferramenta que contribuirá para a solução de alguma questão ou problema, oportunizando uma nova aprendizagem.

Yoga: o objetivo principal das aulas de yoga é que os alunos sejam sujeitos ativos do seu próprio processo de autoconhecimento, que possam expandir a consciência corporal, compreendendo que corpo, mente e emoções caminham juntos, que tenham a oportunidade de expressar seus sentimentos, e que possam se relacionar entre si de maneira pacífica, amorosa e empática.

voltar ao topo